Porque Atletas de Calistenia/Street Workout são magros

Se o principal objetivo no seu treinamento de resistência, seja ele calistenia, musculação ou crossfit, é ganho de massa magra, isso é algo que você não está disposto a negociar. Esse receio é bastante comum, principalmente entre pessoas que praticam musculação e pretendem iniciar os treinos na calistenia. Principalmente ao verem atletas de streetworkout em competições e notarem que a grande maioria destes atletas são bastante magros.

 

E agora eu vou explicar porque isso é uma preocupação que você não deveria ter

Vamos lá!

Você deve se perguntar:

“Mas como esses caras são tão fortes, mas são tão magros ao mesmo tempo?”.

Para responder esta pergunta você precisa entender o que é força.

Segundo Newton Força é “qualquer agente externo que tem a capacidade de vencer a inércia de um corpo”, ou seja, é a capacidade de se mover um determinado corpo/objeto. Este objeto vai oferecer uma resistência, tendendo a ficar estático/inerte. A não ser que uma força externa seja aplicada sobre este objeto.

Como você já deve saber a resistência utilizada na calistenia/streetworkout é apenas o peso corporal. Ou seja, não há objeto a ser manipulado ou movido. Porém a “força” adquirida utilizando apenas o peso corporal como forma de resistência é transferível para treinamento manipulando uma carga externa. Essa força é chamada de Força Relativa. Por isso ginastas são tão fortes levantando pesos, mesmo que seu treinamento seja exclusivamente utilizando apenas o próprio peso corporal.

 

Por isso é bastante comum confundir força e hipertrofia. Ao se aumentar o volume muscular necessariamente há ganho de força, mas este não é a única maneira de se ganhar força. Nem sempre o ganho de força vem acompanhado de ganho significativo de massa muscular. Na verdade é possível ganhar força e não ganhar massa muscular. Isso é possível através de uma coordenação de recrutamento de um maior número de fibras musculares durantes uma contração. 

O que os juízes de streetworkout levam em consideração ao pontuarem os movimentos nas competições são o nível de dificuldade, mas principalmente os mais impressionantes movimentos, que não são necessariamente os que exigem mais força dos atletas. Por exemplo, movimentos utilizando bastante impulso (momentum), não dependem necessariamente de força. Um muscle up 360 impressiona muito mais do que um muscle up arqueiro, por mais limpo que seja este movimento. 

Chega de conversa fiada. Vou direto ao ponto.

Como a única resistência utilizada no streetworkout/calistenia é o peso corporal do indivíduo. Logo, quanto mais pesado for este atleta maior a força necessária para fazer determinado movimento. E quanto mais leve o atleta, mais fácil será realizar os movimentos nas competições. Isso faz sentido pra você?

“Então é IMPOSSÍVEL alguém que pratica calistenia/streetworkout ter grande volume muscular?”

A resposta é: ABSOLUTAMENTE NÃO.

Porém quanto mais pesado o indivíduo mais força será necessário para realizar qualquer movimento. E para que se ganhe força suficiente para ter uma boa performance é necessário treino e alimentação adequados para este objetivo, e obviamente tempo e consistência. Afinal, se você treina calistenia você deve já ter notado que o processo é lento e muitas vezes doloroso. Mas vale a pena.

Vou dar um exemplo.

Há 6 meses atrás eu pesava 70 kg, fazia cerca de 8 muscle ups. Hoje, pesando 75 kg, continuo a realizar 8 muscle ups com uma forma relativamente boa. Logo você pode pensar “não houve nenhum progresso nestes últimos 6 meses de treino”. Engano seu. Hoje eu tenho a mesma performance, se falando em número de repetições, porém carregando 5 kg a mais do que antes e executando com uma forma bem melhor.

Para que haja hipertrofia é necessário que haja um aumento progressivo da carga. O que quer dizer que, uma vez que sua musculatura se adapta ao estímulo, é necessário que se aumente a carga utilizada, intensidade e/ou volume. Isso pode ser realizado através de uma carga externa ou da resistência do peso do seu próprio corpo à ação da gravidade.

Se seu objetivo é ser um bodybuilder/fisiculturista, sinto muito te dizer que a calistenia não é a modalidade de treinamento de resistência mais apropriada para este objetivo. Pelo fato de a calistenia trabalhar movimento compostos (que utilizam mais de um músculo ao mesmo tempo), isso faz com que o trabalho seja distribuído entre todos os músculos que estão sendo trabalhados. E pela facilidade de se aumentar a resistência no treinamento com pesos. Uma vez que um exercício com 10 kg se torna fácil, você somente precisa pegar um altere ou anilha mais pesado. Já na calistenia você tem que ter um conhecimento relativamente amplo sobre progressões e variações para assegurar que essa sobrecarga progressiva é alcançada SEMPRE em todos os treinos.

É completamente possível ter um ganho de massa muscular treinando apenas calistenia. Prova disso são os inúmeros praticantes que conseguiram um físico invejável para qualquer levantador de pesos utilizando apenas a calistenia e incorporando alguns exercícios de calistenia com pesos (não manipulando a carga, mas anexando a carga ao próprio corpo através de coletes ou cintos de pesos para tornar ainda maior a resistência), como por exemplo paralelas e barras com pesos.

Aqui estão alguns exemplos que provam que, SIM, é possível ganhar massa muscular com calistenia

Djan Stipke

Adam Raw

Hanniball For King

Lazar Novovic

E treinando pra chegar la, Eu.

É perfeitamente conseguir um físico estético, com a perfeita proporção de massa muscular e baixo percentual de gordura. Você só precisa entender o básico sobre treinamento de resistência e, o mais importante, alimentação. Se você quiser entender melhor sobre estes aspectos da calistenia faça hoje mesmo o download gratuito do meu eBook Guia Prático de Calistenia: Tudo o que você precisa saber para iniciar os seus treinos. Você pode também encontrar várias rotinas de treino no meu canal Pinho Calistenia.

Treine pesado, mas antes de tudo, treino de maneira inteligente.

Jose Pinho JuniorComment